O Rei do Marrocos ladeado pelos irmãos Azaitar ostentando o cinturão do German MMA ( Cortesia : acervo pessoal Ottman Azaitar ).

 

As artes marciais mistas ( MMA, na sigla em inglês para Mixed Martial Arts ) da era moderna nasceram das façanhas dos irmãos Gracie, notavelmente Royce e Rickson. Outras equipes de irmãos malvados se seguiram, incluindo Fedor e Aleksander, Nick e Nate, Big e Little Nog ( Minotauro e Monotouro ), Shogun e Ninja, Alistair e Valentijn, Joe e Dan, Anthony e Sergio, Rodrigo e Carina e Dan e Jim.

Agora é possível adicionar à lista também os irmãos Azaitar, do Marrocos; embora ambos apareçam como representantes da Alemanha em seus respectivos ‘profiles’ ( fight finder ) no Sherdog :
Abu Azaitar : 13-1-1 ( atualmente um Middleweight do UFC ) e Ottman Azaitar, campeão dos leves do Brave FC e invicto na carreira  : 10-0.

Invicto desde fevereiro de 2013, Abu “Gladiator” Azaitar estava no WSOF, evento pelo qual realizou seus dois últimos confrontos. O lutador de origem marroquina  e naturalizado alemão – algoz de Danny Davis Jr. e Michael Arrant – está inativo desde outubro de 2016.

Ele irá fazer sua estreia na organização capitaneada por Dana White no evento que será realizado em Hamburgo, Alemanha, dia 22 de julho, diante do brasileiro Vitor Miranda.

Seu adversário Vitor Miranda vive uma má fase na carreira – são duas derrotas seguidas por pontos – e buscará a redenção em território europeu. O atleta da Team Nogueira foi superado por Chris Camozzi e Marvin Vettori em suas últimas atuações e não vence desde o nocaute sobre Marcelo Guimarães, em março de 2016.

Já o irmão de “Gladiator”,  Ottman “Bulldozer” Azaitar, além de ser o  primeiro campeão mundial do Brave FC na categoria leve também é campeão alemão de boxe tailandês ( Muay Thai ).

Ottman Azaitar está lutado no esporte desde 2012  e registra passagens em organizações de MMA como o German MMA , o SFC e o Fair FC. Atualmente, ele está conduzindo sua carreira pela organização internacional de MMA Brave Combat Federation, onde acabou conquistando o título de “Luta do Ano 2016” nesta série de eventos.

Em sua última luta pelo título, em 17 de novembro de 2017, no Bahrein, Ottman Azaitar venceu o primeiro título do campeonato mundial na categoria peso leve do Brave FC.

A reunião com o Rei do Marrocos aconteceu poucos dias depois que Sua Alteza voltou para casa após uma cirurgia cardíaca na França.

Ottman Azaitar postou em suas redes sociais que uma das maiores honras para ele e seu irmão foi receber o convite para fazer parte da oração de sexta-feira junto com o seu amado rei.

“ Também foi uma honra  para nós sermos convidados para o palácio real, em Rabat, pelo nosso amado rei depois de seu retorno da França. Estamos muito felizes que a cirurgia foi bem sucedida Alhamdulillah !
É uma sensação indescritível obter este tipo de apreciação de um rei tão grande! Muito obrigado por tudo sua majestade !
Que Allah proteja e apóie-o. Muito obrigado pelo convite sua majestade ! ” Comentou Ottman.

A popularização do MMA no Marrocos teve inicio com uma série de eventos do WAFF,  em Marrakesh, há mais de uma década.
Esse evento era realizado nas mesmas  regras do antigo RINGS do Japão, ou seja, não era permitido acertar o rosto do adversário quando no chão, apenas no tronco ( para marcar pontos e mostrar o ‘estrago’ que faria ) e após 30 segundos voltava em pé.

Atualmente os shows no país também são promovidos sob as regras profissionais unificadas de MMA, ou seja, aquelas ditadas pelo UFC.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui