O treinador Joshua Fabia acusa o presidente Dana White de fazer sexo com lutadoras do UFC. ( Créditos | Cortesia : ( C ) AFP 2021 | ( C ) Douglas P. DeFelice | ( C ) Getty Images | ( C ) TODAY Sports | ( C ) WME IMG | ( C ) UFC | Divulgação ).

Joshua Fabia, técnico do lutador Diego Sanchez e líder da organização School of Self-Awareness, acusou o presidente do UFC, Dana White, e o ‘matchmaker’ ( ou seja o “casamenteiro” ) da organização, Sean Shelby, de terem relações sexuais com lutadoras que tem contrato assinado com a franquia.

A acusação veio à público em sites como o ‘LowKickMMA’, ‘First Sports’ e até mesmo o ‘Sputnik international’, entre outros.

-“Com quantas lutadoras ele ( White ) tem relações sexuais? Com quantas lutadoras Sean Shelby fez sexo? Esta é a verdade, cara.”-disse Fabia, durante uma entrevista concedida ao jornalista John Gibson, do ‘LowKickMMA’.

Fabia também disse que tinha algumas evidências em vídeo para respaldar suas palavras e acrescentou que terá de publicá-las se o assunto não for abordado.

-“Eu tenho que mostrar as coisas porque ninguém mais gravou nada. Ninguém mais se protegeu. Ninguém mais protegeu seu lutador.”- complementou Fabia.

White e Shelby ainda não comentaram as acusações.
Lembrando que White dirige o UFC desde 2001.

Fabia é conhecido por suas críticas ao UFC. Recentemente, tudo piorou, principalmente após a dispensa do atleta Diego Sanchez, que – como dito anteriormente – é treinando e gerenciando por ele.

Isso resultou em um telefonema com o diretor de negócios do UFC e advogado Hunter Campbell, cuja conversa foi publicada na conta oficial de Sanchez no Instagram.

Em 5 de maio, Sanchez disse que havia pedido várias vezes a White para encontrá-lo, mas sem sucesso.

O lutador também afirmou ao ‘Sirius XM’s MMA Today’ e ao ‘MMA Fighting’ que está com medo de ser morto, pois falar dessas coisas contra a empresa está colocando-o em perigo.

-“Vou dizer francamente a vocês agora, eu estou com medo pela p*** da minha vida. Estou com medo que essa companhia, essa empresa de monopólio bilionária, mundial, vai vir atrás de mim. Algo pode acontecer comigo em dois anos. Talvez em um par de anos. Talvez eu bata meu caminhão. Talvez eu: ‘Oh, Diego teve uma overdose’. Alguma m*** de suicídio. Eu não sei. Mas eu não duvidaria do nível de maldade que existe nessa corporação.”- declarou Sanchez, insinuando que a organização que o empregou nos últimos 16 anos poderia atentar contra sua vida e, até mesmo, utilizar do seu poder para fazer parecer que sua hipotética morte seja causada por um acidente ou suicídio.

A parceria entre Sanchez e Fabia, inclusive, tem sido alvo de diversas críticas por parte da comunidade do MMA e muitos lutadores do UFC aconselharam Diego a cortar os laços com o seu ‘guru’ e fazer um favor a si mesmo, mas Diego está longe de fazer algo assim.

Enquanto isso, Dana White já se manifestou sobre a demissão de Diego Sanchez do UFC :

-“Tenho um relacionamento incrível com Diego, gosto muito dele e espero que ele esteja bem. Uma das coisas tristes que acontecem, não apenas na luta, mas nos esportes, e eu quero que você me cite sobre isso, são esses caras esquisitos e assustadores que ‘vêm de Deus sabe de onde’ e sugam lutadores ou atletas. Eles nunca fazem nenhum bem para eles. De alguma forma, esse canalha ( Joshua Fabia ) entrou na vida de Diego e o tem controlado. O cara é totalmente louco. Ele trabalhou seu caminho na vida de Diego e assumiu o controle sobre ele. Eu só quero o melhor para Diego.”-disse White ao ‘Yahoo Sports’.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 10/05/2021

Dana White, Diego Sanchez e Joshua Fabia. ( Créditos | Cortesia : ( C ) LowKickMMA | ( C ) Reprodução Instagram | Divulgação ).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.