O ex-campeão mundial de boxe Floyd Mayweather Jr fará o seu retorno aos ringues japoneses no dia 28 de fevereiro de 2021, de acordo com o anúncio feito em uma conferência de imprensa realizada na segunda-feira ( 16 ), em Yokohama, no Japão.

O evento batizado de “Mega2021” terá lugar no Tokyo Dome Stadium, na capital japonesa e será realizado pelo “comitê de produção do Mega”. Eles operam uma empresa chamada Trustline Co. Ltd., que desenvolve negócios de marketing na WEB e negócios de comércio eletrônico. Mayweather está desenvolvendo um negócio de alimentos saudáveis em colaboração com a empresa, paralelamente.

 

 

O evento, programado para 28 de fevereiro de 2021, marcará o retorno do famoso pugilista norte-americano aos ringues japoneses. ( Créditos | Cortesia : ( C ) Peter Young | TMT | Divulgação ).

Além da participação ‘online’ do famoso pugilista norte-americano, a conferência de imprensa também contou com a participação do Sr. Kohei Tokuhiro, diretor representante do “comitê de produção do Mega” e responsável pela execução das funções, e do Sr. Takuma Kurose, advogado do ‘comitê’. Eles disseram que este poderá ser um dos maiores eventos do Japão e do mundo, até pelo fato das Olimpíadas de 2021 serem realizadas em Tóquio e, esperam, aproveitar a ocasião para promover um show grandioso.

Embora os promotores do evento já tenham confirmado a presença de Mayweather, o nome do seu adversário ainda não foi anunciado.
Por outro lado, especula-se nos bastidores que o oponente de Floyd será um atleta japonês.

 

Quanto às regras desse confronto, estas ainda não foram definidas, mas estarão ‘em algum lugar’ entre o MMA e o boxe, pois o evento não estará sob a jurisdição da JBC ( Japan Boxing Comission ).

Com relação à quantia de dinheiro que Floyd receberá, é bom lembrar que Mayweather avisou em maio passado que não entraria em um ringue novamente por menos de 600 milhões de Dólares, embora não possamos confirmar nada ainda.

Além da luta de Mayweather, outros lutadores campeões de várias organizações de luta também estarão competindo sob regras variadas. O ‘card’ completo será anunciado posteriormente.

Embora este seja um evento em grande escala, todas as diretrizes governamentais em relação ao enfrentamento da pandemia serão seguidas. Parte do lucro será doado aos profissionais da área médica que estão trabalhando na linha de frente no combate ao novo coronavírus.

*Texto do colaborador Oriosvaldo Costa. | Escrito em 19/11/2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui